Secretaria de Educação divulga informações sobre calendário escolar

Para os alunos do Ensino Fundamental e EJA o recesso escolar será de 13 a 24 de julho e para a Educação Infantil, de 20 a 24 de julho

Por portaldapoliticamt em 13 de julho de 2020

A Secretaria Municipal de Educação divulga nesta segunda-feira (13), as datas do calendário escolar de 2020 em relação ao recesso escolar. De acordo com o documento, as datas estabelecidas anteriormente para o recesso escolar não foram alteradas. Assim, para as turmas de Pré-escola, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), o recesso escolar tem início nesta segunda-feira (13) e vai até o dia 24 de julho. Para os alunos de 0 a 3 anos, das creches, Centros Educacionais Infantil Cuiabano (CEICs), Centros Emergenciais de Educação Infantil (CEEIs) e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), o recesso escolar será de 20 a 24 de julho.

Neste final de semana, o prefeito Emanuel Pinheiro anunciou a prorrogação da suspensão das atividades presenciais nas unidades educacionais do Município, públicas e particulares, em todos os níveis, para o dia 2 de agosto. O Decreto nº 7.998, deve ser publicado nesta segunda-feira (13), no Diário Oficial.

Segundo a secretária interina de Educação, Edilene de Souza Machado, na semana passada as equipes gestoras das 164 unidades educacionais da rede pública municipal de Cuiabá receberam as orientações e os pais foram comunicados.  “No período de recesso escolar os grupos de whatsapp criados para as atividades não presenciais ficarão indisponíveis para a postagem de mensagens sendo reabertos novamente a partir do dia 28 de julho, ou seja, para o 3º Bimestre. Nesse período, é importante esclarecer que não devem ser encaminhadas atividades aos alunos”, explicou a secretária interina, Edilene Machado.

O recesso escolar vale também para as equipes gestoras, desde que as unidades escolares não tenham pendencias junto à Secretaria de Educação.

Ainda na programação do ano letivo, no dia 27 de julho está prevista a Formação Continuada Virtual, para os profissionais da Educação.

Em relação à avaliação dos estudantes nos 1º e 2º Bimestres, a secretária Interina de Educação explicou que será feita por meio dos registros feitos pelos professores considerando as interações on line e uma série de indicadores, conforme as orientações da Coordenadoria de Organização Curricular da Educação Infantil, Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), para elaboração do Portfólio e do Programa @Portal da Escola Cuiabana.

De acordo com Edilene Machado, os registros avaliativos relacionados ao 1º e 2º Bimestre e os dados que serão obtidos pelo diagnóstico que será realizado após a retomada das atividades presenciais servirão para orientar as unidades escolares e profissionais da Educação, no reforço de conteúdos que durante a suspensão das atividades presenciais, em função da pandemia provocada pela Covid-19, não foram absorvidos pelos alunos.

Ao falar sobre o retorno das atividades presenciais nas unidades escolares, a secretária interina de Educação reforçou que depende do comportamento da Covid-19 em Cuiabá. “O retorno das atividades presenciais nas unidades educacionais de Cuiabá está previsto para o dia 2 de agosto, conforme o anúncio feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro neste final de semana. Caso essa data se confirme, a Secretaria de Educação levará em consideração os protocolos de biossegurança e as orientações das autoridades das áreas de Saúde e Vigilância Sanitária”, salientou Edilene Machado.

Plano Estratégico

O Plano Estratégico de Ação para retomada segura das aulas no Município foi criado em abril e trás as condições mínimas de biossegurança para o funcionamento das unidades educacionais. Entre as medidas já realizadas estão a capacitação dos profissionais que lidam diretamente com as crianças, como as Técnicas em Desenvolvimento Infantil (TDIs), Técnicas em Nutrição Escolar (TNEs) e Auxiliares de Serviços Gerais (ASGs).

No plano estão previstas também as medidas de higienização das unidades escolares, antes e após a realização das atividades; a oferta de produtos para higienização das mãos, como água e sabão líquido e/ou álcool em gel; o uso obrigatório de máscaras pelos alunos e profissionais da educação e, a orientação à comunidade educacional por meio de cartazes fixados nas unidades, entre outros.

banner white 980x288

Fonte: Maria Barbant

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta