Olimpíada pode ser cancelada caso pandemia não seja controlada

Presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, disse à jornal que só vão acontecer Jogos, caso mundo segure doença: 'Luta contra inimigo invisível'

Por portaldapoliticamt em 28 de abril de 2020

Yoshiro Mori admitiu que Jogos Olímpicos podem ser canceladosYoshiro Mori admitiu que Jogos Olímpicos podem ser cancelados

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, adiados para 2021, serão cancelados se a pandemia do novo coronavírus não for controlada no mundo, disse o presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, em uma entrevista ao jornal japonês Nikkan Sports nesta terça-feira. O dirigente explicou que a Olimpíada não pode ser adiada novamente.

Na última quinta-feira, o presidente do Comitê Organizador já havia enfatizado que “pensando nos atletas e nos problemas que isso colocaria para a organização, é tecnicamente difícil adiá-lo dois anos”. A pandemia forçou um primeiro adiamento dos Jogos Olímpicos, quando a data de abertura foi remarcada para o dia 23 de julho de 2021.

Yoshiro Mori disse que a batalha contra o coronavírus é uma “luta contra um inimigo invisível” e lembrou que, até hoje, o evento esportivo só foi cancelado devido à guerra. “Se a pandemia for controlada com sucesso, organizaremos as Olimpíadas em paz no próximo ano”, disse o dirigente. “A humanidade aposta nisso”.

Os organizadores e o governo japonês insistem que a Olimpíada pode ser uma oportunidade para mostrar o triunfo do mundo sobre o novo coronavírus, mas há quem pense que o atraso de um ano não é suficiente. Será “extremamente difícil” sediar os Jogos no próximo ano se uma vacina não for descoberta, alertou o presidente da Associação Médica do Japão, Yoshitake Yokokura.

Na semana passada, um médico especialista japonês, que criticou a resposta do país ao coronavírus, disse estar “muito pessimista” com a possibilidade de que a Olimpíada possa ser realizada em 2021. Por enquanto, o Japão já registrou pouco mais de 13 mil casos de pessoas contaminadas com a covid-19 e cerca de 400 mortos.

banner white 980x288

Fonte: Agência Estado - Esportes

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta