Título brasileiro no Autocross fica com o baiano William Cancelier

Por portaldapoliticamt em 5 de novembro de 2019

Quatro etapas, 16 corridas e o título do Brasileiro de Velocidade na Terra (BRVT) entre os autocross, acabou definido na bandeirada da última prova do campeonato. Por quatro pontos, o baiano William Cancelier conquistou a taça, com direito a susto. Se o fim de semana começou bem no Autódromo Bom Futuro, em Cuiabá, foi necessário fazer contas até o fim.

Cancelier chegou à etapa decisiva como vice-líder, empatado com Celsinho de Mello (a liderança era de Vanderlei Reck). Mas quem começou melhor foi Adroaldo Weisheimer, que garantiu a pole na sexta-feira e somou um segundo lugar e uma vitória. O baiano venceu a corrida 2 (havia sido sexto antes).

E se Weisheimer havia entrado na briga e somado também a pole no sábado, sua situação acabou se complicando com o abandono na corrida 1. Parecia caminho livre para Cancelier, mas ele enfrentou problemas com o cabo do acelerador, precisou parar para fazer o reparo e terminou apenas em 13°, acionando o cabo com a mão. Na quarta prova da etapa, vencida pelo paulista Athos Biruel, Cancelier procurou ‘marcar’ Weisheimer, terminando em oitavo, com o rival em quinto.

“Vencer o campeonato é o reconhecimento de um ano inteiro de trabalho, eu só tenho que agradecer a Deus por tudo isso, agradecer aos mecânicos, à minha família. Foi um fim de semana muito bom. É o meu primeiro título e Cuiabá se torna mais especial agora. Eu sempre andei bem aqui, saí da primeira etapa líder e estou fechando o campeonato com o título”, comemorou o novo campeão.

Brasileiro de Velocidade na Terra (BRVT)

Quarta etapa: Cuiabá (MT)

Classificação 1 (sexta-feira)
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 1min23s527
2. #765 William Cancelier, 1min24s317
3. #12 Leandro Castilhos, 1min24s147
4. #77 Alexandre Garcia, 1min26s184

Corrida 1:
1. #765 William Cancelier, 18 voltas em 28min24s721
2. #33 Adroaldo Weisheimer, a 0s500
3. #77 Alexandre Garcia, a 1s426
4. #538 Fernando Scheffer, a 2s734
5. #599 Gilliard Scheffer, a 3s027

Volta mais rápida: #482 Celsinho Mello, 1min28s128

Corrida 2:
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 18 voltas em 25min00s775
2. #25 Vanderlei Reck, a 15s207
3. #538 Fernando Scheffer, 17s224
4. #12 Leandro Castilhos, 19s712
5. #509 Valdir Jacobowski, 21s710

Volta mais rápida: #765 William Cancelier, 1min21s391

Classificação 2 (sábado):
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 1min22s037
2. #765 William Cancelier, 1min22s483
3. #599 Gilliard Scheffer, 1min22s769
4. #9 Wellington Antunes, 1min22s910
5. #78 Marlon Fedrizzi, 1min23s743

Corrida 1:
1. #509 Valdir Jacobowski, 18 voltas em 27min35s080
2. #9 Wellington Antunes, a 8s965
3. #599 Gilliard Scheffer, a 14s263
4. #496 Athus Biruel, a 16s520
5. #12 Leandro Castilhos, a 21s302

Volta rápida: #538 Fernando Scheffer, 1min25s292

Corrida 2:
1. #496 Athus Biruel, 18 voltas em 25min41s022
2. #77 Alexandre Garcia, a 6s572
3. #78 Marlon Fedrizzi, a 9s669
4. #482 Celsinho Mello, 10s120
5. #33 Adroaldo Weisheimer, a 10s608

Volta rápida: #33 Adroaldo Weisheimer, 1min22s182

Pontuação final:
1. #765 William Cancelier, 229 pontos
2. #33 Adroaldo Weisheimer, 225
3. #482 Celsinho Mello, 220
4. #25 Vanderlei Reck, 215
5. #599 Gilliard Scheffer, 188

 

FOTOS: JUNINHO POYER – PORTAL DA POLÍTICA MT

banner white 980x288

Fonte: Racemotor

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta