CORRETOR DE IMOVEIS: Profissão do presente e do futuro

Por portaldapoliticamt em 4 de setembro de 2019

CORRETOR DE IMOVEIS: Profissão do Presente e do Futuro

Bem recentemente, no fim do mês passado para ser exato, os corretores de imóveis de todo o país comemoraram o seu dia nacional. E festejaram com ‘N’ razões: nestes quarenta anos de regulamentação da figura do corretor de imóveis, há uma trajetória de glórias, obstáculos, desafios, lutas, metas e de sucesso.

Mesmo depois da regulamentação, o corretor de imóveis era, no passado, um mero “vendedor” de esquina, oferecendo lotes, apartamentos, casas, fazendas, só que sem garantias, sem amparo da lei, a esmo. Quando a lei federal 6530/1978 criou os Creci’s e obrigou que o profissional tivesse formação, na época exigia somente ensino fundamental, para que a fiscalização tivesse uma referência, vieram os primeiros pouco mais de uma centena de profissionais ao mercado.Anos se passaram e a legislação avançou e já era exigido o curso técnico com ensino médio já cursado . As respostas aos esforços de moralização do mercado, melhor qualificação, postura, ética e fiscalização eficiente atraíram para os Creci’s do Brasil (e Mato Grosso, por extensão) milhares de pessoas. Hoje, regularizados, só em Mato Grosso os corretores de imóveis são mais de 10.000 e centenas de estagiários em cursos pós médios e superiores.

Em meados dos anos 90, na iniciativa pioneira de Heraldo Vieira Passos, meu saudoso Pai e minha mãe , Rosângela Campos , surge a primeira escola de nível técnico em Mato Grosso, formando e qualificando jovens e adultos para uma profissão, ainda incipiente, é bom que se diga, mas motivadora e promissora. Já em 2004 foi instalado Centro de Tecnologia em Educação Profissional, REDE DE ENSINO CETEPS que iniciou a formação técnica de muita gente em transação imobiliária (TTI), começou uma trajetória de sucesso atendendo a uma demanda crescente, inicialmente no nível médio, e hoje forma corretores imobiliários de alta performance , que vão deste Técnico  a  graduação. Atualmente, o contingente, nos dois níveis, supera a casa dos 15 mil profissionais formados, graduados, especializados, não só em Cuiabá, mas no interior e mais 2 estados onde a rede Ceteps tem filais. Vale registrar que mesmo com dezenas de escolas autorizadas em MT e nestes Estados, a Rede Ceteps mantém a liderança na formação da classe imobiliária.

Sendo visionário a rede Ceteps lançou dois novos cursos na área imobiliária, Perito Judicial Imobiliário e Corretor Público, ambos os cursos abriram novas fontes de rendas  para mais de 3000 corretores de imóveis já formados nestes novos cursos habilitadores. A rede Ceteps hoje oferta vários cursos técnicos, EJA, Superiores  em diversas áreas do conhecimento.

Não se pode deixar de destacar o presidente João Teodoro da Silva, que a época (2006) foi além do seu tempo e implantou o primeiro curso superior em gestão Imobiliária no país, oportunizando os profissionais a especializarem ainda mais.

Regulamentada e aparelhada com todos os recursos técnicos necessários e legais, a carreira de  corretor de imóveis é fascinante e próspera. Calcula-se que é a segunda profissão mais escolhida de quem já é graduado em outras áreas, tanto que, no mercado, em plena atividade ou nas universidades e centros de ensino técnico, vê-se advogados, engenheiros, médicos, contabilistas, arquitetos, desenhistas, odontólogos e tantos mais exibindo a credencial da profissão. Em nenhuma outra carreira se vê tal fenômeno.

Com a dádiva de ser o profissional reconhecido por realizar sonhos (a moradia está entre os três primeiros desejos de realizações do ser humano), o corretor de imóveis é um profissional completo, pois que, além do ganho pelo trabalho, da carreira produtiva, acumula outros predicados da vida, como, principalmente, a confiança da sociedade e o talento amadurecido de um exímio relações públicas.

 

Alex Vieira Passos é corretor de imóveis (técnico e Tecnólogo), advogado e secretário de Educação da Capital de Mato Grosso.

banner white 980x288

Fonte: Da Redação - Portal da Politica MT

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.